Gil Eanes

Gil Eanes

Gil Eanes

Navegador português que em 1434 dobra o cabo Bojador. (…) A fonte que nos transmite informações mais preciosas sobre este navegador é a Crônica dos Feitos da Guiné. Segundo o Cronista, Gil Eanes, natural de Lagos, Escudeiro da Casa do Infante, recebe, em 1433, a Capitania de uma barca com o intuito de dobrar o Bojador.

Nesta primeira tentativa, como sucedeu com as de tantos outros navegadores que o precederam, não logrou atingir o seu objetivo. Gil Eanes apenas alcançou as Canárias, onde faz alguns cativos, com os quais regressa ao reino.

Segundo Zurara, estas ações de pilhagem, aliadas às lendas que circulavam sobre a passagem do cabo, levavam a que depressa se desistisse de uma acepção encarada quase como impossível. Contudo, no ano imediato, o cabo é efetivamente dobrado por Gil Eanes, ultrapassando-se o obstáculo que impedia o início da descoberta da costa ocidental africana.

Enviado em seguida, juntamente com Afonso Gonçalves Baldaia, em nova expedição, Gil Eanes explorará, a partir do Bojador, cerca de 50 léguas de costa. Este navegador participará ainda noutras viagens, como a organizada por Lançarote às ilhas de Tide e Naar, em 1444, e outra dirigida à Guiné.

 

Volte para a História de Portugal

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*