Troy “Troyzan” Robertson

Troy "Troyzan" Robertson | Survivor Game Changers
Troy “Troyzan” Robertson

Idade: 54
Cidade natal: Miami, FL

Temporada anterior de Survivor: Temporada 24: Survivor One World

Como você mudou desde a última vez que jogou?
Eu sou mentalmente mais forte e mais preparado para ser uma pessoa social no jogo de Survivor, em torno da minha tribo na vida de acampamento e o jogo, em geral. Estou mais ciente de que a maioria dos participantes jogam como um “jogo” e não jogá-lo como a vida real, então eu preciso me adaptar a essa maneira de pensar.

Que habilidades você traz para o Survivor que o tornará um membro útil do grupo e quais habilidades você tem aprendido desde a última vez que jogou?
Eu sempre fui 100 por cento um jogador da equipe. E, eu também penso em mim como um grande motivador com as pessoas que estao por perto. Eu gosto de assumir o papel de líder de forma discreta.

Eu vivi minha vida como uma aventura e estou extremamente em contato com a natureza. Eu fui um menino da selva minha vida inteira entao era pescar, fazer fogo, e fazer abrigos do nada, isso e muito fàcil para mim.

Além disso, eu assisti de novo todas as te,poaradas de Survivor, para pegar qualquer pistas que eu perdi da primeira vez. Eu trabalho o meu melhor que posso para ficar jovem no coração.

De que você está mais orgulhoso da última vez?
Tenho orgulho de ter sido fiel a mim mesmo. Você quase viu 100% de mim! Estou feliz que todo mundo assistindo, incluindo meus companheiros da tribo, e viram todas as minhas emoções. Se eu estava rindo, sorrindo, despreocupado, bondoso, extático, simpático, feliz, triste, irritado, quebrado de coração… você tem que ver tudo. Tudo de Troyzan!

Também estou muito orgulhoso do fato de que meu discurso de “This is My Island” é considerado um dos 10 momentos mais memoráveis ​​da história do Survivor. Eu vou olhar para trás, anos a partir de agora e ainda rir daquele momento!

O que, se alguma coisa, você mais se arrepende?
Lamento não ter enfrentado mais os meus inimigos cara a cara. Eu também teria chamado Kim Spradlin na frente de toda a tribo diariamente!

Eu estava pondo muito pensamento em vencer desafios em oposição a deixar a tribo ver o plano óbvio que Kim tinha. Meu erro.

Como você vai jogar diferente desta vez?
Eu percebi que este é um jogo “outwit” mais do que qualquer outra coisa. Vou tentar manter o alvo fora de minhas costas, não mostrando todas as minhas cartas, como a última vez que eu joguei.

E, a todo custo, SEMPRE de TODAS as maneiras manter uma pessoa em torno de quem é um alvo maior do que eu. Mantenha seus amigos próximos e beije seus inimigos!

Video entrevista com Troy “Troyzan” Robertson:

Voltar para Survivor Game Changers